O motor mais curioso do mundo, a engenharia inovadora do Citroën 2CV

Compartilhe:

Aqui você encontra:

O motor mais curioso do mundo, a engenharia inovadora do Citroën 2CV
Foto: Divulgação/Citroen

A história automotiva é rica em inovações, mas poucos modelos se destacam tanto quanto o Citroën 2CV com seu motor 12B. Este ícone da engenharia, lançado em 1949, apresenta características únicas que o distinguem no mundo dos motores.

O motor Citroën 12B é uma verdadeira obra de arte da engenharia automotiva. Com 375 cm³ e formado por 12 cilindros boxer de liga de alumínio, o motor não só é curioso por sua configuração, mas também por seu desempenho e eficiência.

O 12B se destaca com seus cilindros aletados para refrigeração, um ventilador axial ligado ao virabrequim, e uma taxa de compressão de seis para um. Atingindo mais de 3.500 rotações por minuto, o motor gera 9 cavalos de potência e um torque modesto de 20 Nm, suficiente para mover um carro de 500 Kg.

O Fusca de 1950, com seus 131 cm³ e 25 cavalos de potência, apresentava uma configuração de motor distinta. No entanto, o Citroën 12B levava vantagem na relação de potência por centímetro cúbico, mesmo que por uma margem estreita.

A evolução dos motores clássicos

O 12B utilizava uma bomba G rotor avançada para a lubrificação, proporcionando um sistema mais silencioso, menos vibratório e eficiente em comparação com a bomba de engrenagens do Fusca. Este sistema de lubrificação avançado era essencial para o desempenho do motor.

A Citroën aplicou técnicas para aquecer o ar de admissão, garantindo uma mistura mais eficiente de combustível e ar. A câmara de combustão semiesférica e as válvulas inclinadas otimizavam ainda mais o fluxo de ar.

O legado do Citroën 12B

O motor 12B, apesar de sua construção única, oferecia um desempenho robusto. Seu sistema de ignição “faísca perdida” e o volante de inércia desproporcionalmente grande são apenas algumas das características que definem este motor como um marco na história automotiva.

Com uma produção que se estendeu até 1991 e mais de 5 milhões de unidades vendidas, o Citroën 2CV e seu motor 12B ocupam um lugar de destaque na história automotiva, representando não apenas uma era de inovação, mas também um testemunho da engenharia criativa e eficiente da Citroën.

Encontrou algo errado ou não atualizado? Fale conosco deixando um comentário ou enviando um e-mail para: poraidemochilawp@gmail.com

Encontrou algo errado ou não atualizado? Fale conosco deixando um comentário ou enviando um e-mail para: poraidemochilawp@gmail.com